Não sei como calcular as emissões do meu estabelecimento. Onde posso encontrar um guia?

Preferencialmente deverá utilizar os ficheiros Excel fornecidos pela APA.

Estão disponíveis dois ficheiros, disponiveis aqui, e que podem ser usados para:

  1. calcular as emissões provenientes de fontes pontuais (tanto para o ar como para a água), com base nos valores de monitorização;
  2. calcular as emissões com base em fatores de emissão, e que se aplica a emissões provenientes de equipamentos convencionais que queimam combustíveis convencionais.

O cálculo das emissões de poluentes monitorizados em contínuo deve ser efetuado de modo idêntico ao que já acontecia no SIRAPA.

Operadores PCIP que tenham utilizado o ficheiro APA para apresentar o RAA, tem já alguns calculos efetuados dado que o ficheiro mencionado em 1. é uma versão mais simples do ficheiro Modelo RAA.

Seja qual for o ficheiro utilizado para efetuar os calculos, deverá posteriormente somar os valores parciais de cada poluente para cada meio, ou seja devem ser obtidas as seguintes somas separadamente:

  • Poluentes presentes na água descarregada diretamente no meio hídrico;
  • Poluentes transferidos na água enviada para ETAR externas (normalmente ETAR Municipal);
  • Poluentes presentes na água descarregada diretamente no solo;
  • Poluentes presentes nas emissões para o ar, provenientes de fontes pontuais (normalmente chaminés);
  • Poluentes presentes nas emissões para o ar, provenientes de fontes difusas.

No caso de aviculturas e suiniculturas o operador pode optar por inserir os valores totais previamente calculados ou inserir os dados da atividade que permitem o cálculo das emissões no próprio formulário (neste caso deverá eliminar os poluentes pré-selecionados correspondentes no formulário, inserindo a justificação – “cálculo efetuado pelo formulário”). Para este tipo de atividades, caso o operador e indique "Sim" à questão "Bloco aquecimento:" será questionado sobre a quantidade e tipo de combustivel utilizado e o formulário efetuará também os cálculos referentes a estas emissões. Assim, deverá também eliminar os poluentes pré-selecionados correspondentes no formulário, inserindo a justificação – “cálculo efetuado pelo formulário”).


Em qualquer das situações deve ter em atenção para não somar valores do mesmo poluente, meio e fonte que diferem apenas no modo de cálculo sob pena de estar a duplicar ou mesmo triplicar o valor de emissões.